Notícias da Rede

Associação Comercial aponta que consumidor paulista está menos pessimista

voltar
O consumidor paulista está menos pessimista com relação à própria situação financeira e ao emprego. É o que mostra o Índice Nacional de Confiança, da Associação Comercial de São Paulo.
 
Em julho, o índice, que varia de zero a 200 pontos, estava na casa dos 26. Em agosto, subiu para 33.
 
Já os consumidores que se diziam muito insatisfeitos ou insatisfeitos diminuíram. O índice que mede essas realidades caiu de 52 para 50 pontos.
 
“Ainda há espaço para a economia melhorar. Podemos dizer que o pior já passou”, diz Ulisses Ruiz de Gamboa, economista da Associação Comercial de São Paulo (ACSP).
 
Os próximos seis meses
 
O indicador também mostra uma melhora nas expectativas relacionadas aos próximos seis meses. A população de São Paulo tem receio muito grande de que alguém de sua família perca o emprego caiu de 47 pontos, em julho, para 42 pontos, em agosto.
 
“Isso certamente terá impacto positivo na atividade econômica, porque a melhoria da percepção aumenta a predisposição dos consumidores em realizar compras”, diz Ruiz de Gamboa.
 
O índice divulgado pela ACSP considera que o intervalo de zero a 100 contempla o campo do pessimismo e, de 100 a 200, do otimismo. A margem de erro é de 3 pontos. 
 
FONTE: Mercado & Consumo